quinta-feira, 30 de junho de 2016

E como anda minha vida de mãe?


Letícia já vai fazer 7 meses, isso mesmo o tempo passou voando e minha bebê está crescendo, já são quase sete meses de muito amor, aprendizado, trabalho e superação! É incrível e maravilhoso acompanhar o seu desenvolvimento. É também muito trabalhoso, a maior parte do meu tempo é pra ela, há dias que fico muito cansada, as vezes penso que não vou dar conta de tudo, mas não é que conseguimos.
Ser mãe é muito difícil, mas é tão reconfortante, o sorriso dela faz tudo valer a pena, a felicidade dela vale qualquer sacrifício.


Quando nos tornamos mães adquirimos habilidades incríveis, multiplicamos o tempo, nos tornamos pacientes e muito fortes.
Encontramos calma na alma na hora do choro dolorido. Aquele que parece que não vai passar. Nos
controlamos para aconchegar e acalmar o bebê, depois da calmaria e do sono profundo vem o nosso choro, de alívio, de emoção, de agradecimento. Aliás mãe chora a toa, se emociona com tudo.
Meus olhos lacrimejam sempre que acontece algo de diferente, quando ela sorri, quando a vejo brincando com o papai ou quando está num sono profundo dormindo como um anjinho, também choro quando a vejo sofrendo. A dor dela dói muito em mim, não imaginava que podia sofrer tanto com a angustia dela.
Descobri que uma das felicidades de mãe e quando o cocô do bebê tá certinho. Chorei quando a Letícia fez cocô depois de dois dias de prisão de ventre.
Na hora da vacina o coração fica apertado, mas temos força pra segurar aquelas perninhas e afagar após a picada.
Descobrimos maneiras de acalentar, mesmo fora da barriga nos conectamos de forma sublime. A ligação entre mãe e filho é algo inexplicável. ( Se você é mãe sabe o que estou falando, se não é, nem tente entender)


Por 6 meses a alimentação dela foi exclusiva no peito e em livre demanda, dava o peito a qualquer hora do dia ou da noite sempre que ela precisava, e eu adoro amamentar, pra mim é uma delícia, vou continuar a amamentação até o dia que ela quiser, não pretendo forçar uma parada.
É nosso momento, ela se aconchega, se acalma, parece que tudo melhora quando ela está ali grudadinha comigo. Aqui em casa não teve nem bico, nem mamadeira, o conforto dela é meu peito e continuará sendo, não me importo em levantar diversas vezes a noite, não me importo em parar qualquer coisa que esteja fazendo para dar o peitinho. Eu acho que isso vai fazer toda diferença na vida dela, existem muitas razões comprovadas sobre os benefícios da amamentação, mas o que faço é mais por instinto, por achar que é o certo.
A criação aqui é com apego, muito colo, muito amor, muito chamego. Dou muito colo, muito mesmo
as vezes é complicado e fico cansada, mas sempre penso que essa fase passa rápido, e daqui a pouco ela vai crescer e não vai mais querer colo, então aproveito muito. Dou todo o amor e atenção e daqui alguns anos, vou lembrar desses momentos com a certeza que fiz tudo que podia e que dediquei as melhores horas da minha vida para o ser que mais amo.

Já entramos na introdução alimentar e Letícia já está comendo, ela é uma criança linda, aceitou a comidinha sem problemas, em alguns dias chorou um pouco, em outros fez muita bagunça, mas no geral é tranquilo.


Tenho me tornado uma pessoa melhor, a Letícia só veio somar nas nossas vidas. Somos mais felizes, mais completos, mais alegres e quando bate aquela tristeza ou aquele desânimo olho para as bochechas mais fofas do mundo e tudo passa a fazer sentido. E tenho muito mais força para continuar, para trabalhar, para ser uma boa mulher, uma boa esposa e uma boa mãe.

Ser mãe é encontrar a felicidade e o amor puro. Tem sido a melhor experiência da minha vida!



Espero que tenham gostado de saber um pouco como andam as coisas na minha vida de mãe!

Super beijo e continue comigo!

3 comentários:

  1. Olá,também sou mãe. Mãe de dois.
    Realmente os fihos nos fazem ser pessoas melhores.
    Meu bebê fez dois meses e a cada dia descubro novas experiências.
    um beijão!

    naiircrislayne.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É incrível né? É uma experiência única :) beijão!

      Excluir
  2. Letícia ta muito linda, gordinha, risonha... ser mãe traz a tona oque há de melhor em nós., A gente abre mão de muita coisa, mais em contrapartida oque ganhamos é imensurável...

    ResponderExcluir