quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

40 Semanas e Letícia ainda não nasceu - A Espera continua

Quando falamos do nascimento do bebê e quando escolhemos ter um parto normal não escolhemos a data e nem sempre o previsto acontece.
Estou com mais de 40 semanas e a Letícia ainda não nasceu, eu achava que já estaria com minha filha nos braços ainda em novembro, mas já entramos em dezembro e nada.


Os desconfortos aumentam, os pés ficam ainda mais inchados, as dores são constantes, o peso da barriga incomoda muito. Ter todos os seus órgãos comprimidos e esmagados não é tarefa
fácil. O meu corpo já está cansado, as atividades simples do cotidiano como levantar ou trocar de roupa ficam dificílimas, mas o que fazer? Não há remédio, é normal sentir tudo isso no final da gestação, é preciso esperar. E a cada dia que passa e ela não chega me sinto ainda  mais exausta e apenas com paciência e amor é possível suportar os últimos dias que antecedem o nascimento.

Na última semana quando estava com 39, me preparava todo dia, porque acreditava que podia ser a qualquer momento, mas os dias foram passado, a data prevista pro parto também passou e Lelê ainda não manifesta interesse em vim para esse mundo. Acho que entendo minha filha, sair de um lugar quentinho e aconchegante e vim pro desconhecido, ela está querendo aproveitar o máximo da estadia.

A gravidez tem momentos lindos e mágicos de verdade, mas há também momentos muito difíceis, não são apenas flores, há muitas lágrimas, muitas dores e alguns sofrimentos. Mas acredito que tudo vale a pena. Depois tudo isso passa e só vão ficar as boas lembranças. Mas confesso que é angustiante essa espera que parece não ter fim. 

Não ter controle sobre o tempo, não ter data e nem hora certa, não poder planejar o momento exato é tão complicado e confuso. O coração as vezes fica apertado, a vontade de tê-la nos braços aumenta e também a vontade de ter meu corpo liberado é cada vez maior, amei ficar grávida, mas em alguns momentos parece que vou sufocar. Mas tenho que respirar fundo e aguentar mais um dia, ou dois ou três, vamos esperar até 41 semanas e se mesmo assim ela não nascer, vamos ter que intervir, nem sempre as coisas acontecem como planejamos, mas eu só quero que minha filha nasça saudável, a forma que ela vai nascer não é importante. Vou esperando e me preparando para todas as possibilidades.
Cada grávida é diferente e sente coisas diferentes e tem momentos diferentes para parir. 
Vocês acompanharam os meus momentos durante a gestação, espero que esse seja meu último diário, agora pra valer =)

Super beijo e fiquem comigo nas outras redes!


Nenhum comentário:

Postar um comentário