sábado, 25 de julho de 2015

Maternidade - O início

           Primeiro veio a vontade de ter um bebê, depois de três anos de casada parece que meu relógio biológico despertou.
        Não pensei que teria essa vontade por agora, não imaginava ser mãe, era algo que talvez pudesse acontecer em um futuro distante. Queria primeiro construir uma carreira, ter estabilidade, viajar mais, curtir mais e por aí vai. Meu marido ao contrário sempre sonhou em ser pai, mas respeitava minha vontade.

Bom, acontece que de repente, ou nem tão de repente assim, comecei a olhar com outros olhos os bebês que encontrava. Começou a me parecer tão sublime a maternidade, comecei achar que seria bom ter um bebezinho em casa. E foi vindo uma vontade de poder cuidar, educar, amar infinitamente. E essa vontade foi crescendo dia após dia, claro, que as cobranças dos meus pais, sogros, amigos contribuíram para minha vontade de ser mãe aumentar.
Então eu e o Rodrigo , meu querido marido, resolvemos deixar as coisas acontecerem, não estávamos calculando dias férteis e todas essas coisas que casais "tentantes" fazem, Mas paramos de nos prevenir.
E em menos de três meses eu sabia que estava grávida. Já estava lendo muito a respeito de gravidez, primeiros sintomas e tudo que envolve a fecundação. Não tinha certeza absoluta, mas conheço muito bem o meu corpo e seu funcionamento, em março desse ano, não vi sinal da minha ovulação, deduzi que meu óvulo tinha sido fecundado. Fiquei extremamente feliz, no meu coração já sentia que havia uma sementinha dentro de mim. E já sentia alguns sintomas, como mudança de humor e olfato mais apurado.
    Então segurei a ansiedade e não falei nada pra ninguém, não queira gerar falsas expectativas, esperei em torno de duas semanas, que de acordo com alguns artigos é tempo suficiente pra fazer o teste e ter um resultado confiável. Isso porque os níveis do hormônio HCG aumentam diariamente na gravidez e é por meio dele que se confirma a gestação. Então resolvi esperar, pra ter um resultado certinho.

  Depois desse prazo, comprei um teste de farmácia mesmo e fiz, chorei de emoção quando vi a segunda listinha que precisa aparecer, quando o resultado é positivo. Ainda era bem clarinha mas naquele momento não tive mais dúvidas, eu carregava uma vida.
Chorei, agradeci e senti uma emoção tão grande.  Uma alegria inundou meu coração de uma forma indescritível, não lembro de ter sentido algo parecido. Foi realmente uma sensação única.



Após me recuperar e secar as lágrimas, pensei em alguma forma de surpreender o novo papai, Resolvi fazer algo bem simples, colei frases nas paredes do corredor que levam ao nosso quarto indicando que havia uma surpresa ali dentro.
Na porta do quarto escrevi: Você vai ser... (Abra a Porta). Escrevi com batom na minha barriga Papai e quando ele chegou e abriu a porta lá estava eu completando a frase.
Ele primeiro ficou sem reação, depois perguntou se era verdade, eu respondi que sim aí ele se ajoelhou, me abraçou e começou a chorar. Foi um dos momentos mais lindos do nosso casamento. Momento de muito amor agora seríamos três.

Vou continuar contando pra vocês sobre minha gestação, acompanhem os novos posts ;)

Me acompanhe nas redes sociais :)

Blog | YouTube | Facebook | Instagram | Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário