terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Meu Corpo com Desenho

Sempre tive vontade de fazer uma tatuagem, mas primeiro não tinha idade, depois não tinha o desenho ou o tatuador, ai foi passando o tempo, e nada de dar certo, mas a vontade sempre continuou.

Esse ano o filho de uma amiga fez uma tatuagem e ficou incrível, falou muito bem do tatuador, resolvi que já estava na hora de satisfazer aquele meu antigo desejo e fui me arriscar, marquei um dia, escolhi um desenho e fiz minha primeira tattoo.

Antes de começar, fiquei super ansiosa, foi estranho, era um misto de felicidade e agonia, respirei fundo fechei os olhos e para meu grande espanto, não foi ruim, em alguns momentos um pouco dolorido. Mas no geral foi bem tranquilo.
Quando escutava o barulho da máquina imaginava como estava ficando, queria ver o resultado final, estava com muita expectativa e ao mesmo tempo medo, em alguns momentos pensava : "Ai meu Deus e se ficar feia e eu não gostar, o que vou fazer? Não vai dar pra apagar."




Após uma hora e meia terminou, levantei super nervosa e olhei no espelho. Uau, tinha uma obra de arte no meu ombro, fiquei muito emocionada, o tatuador é um artista, fez um trabalho incrível, ficou linda, muito melhor do que imaginei.


Procurei escolher um desenho que me representasse, porque acredito que toda tattoo deve ter um significado, algo que te faça bem. A tatuagem ficou muito melhor que o desenho e me representa muito bem. De verdade não esperava que ficasse tão bom.

Créditos para Luciano Pereira que fez essa arte tão bonita, estúdio Arcanjo Tattoo que fica na CLS 314 - Asa Sul. Local super bacana, se preocupam com a higiene e qualidade do material. Recomendo e pretendo fazer outras.

Estou numa fase muito boa da vida, me sentindo linda, como pessoa, como amiga, como mulher, como profissional. Estou conseguindo ser autêntica, fazer coisas que me deixam feliz e isso faz um bem enorme para alma.
Não gosto de ficar por ai falando da minha felicidade, mas estou tão bem que fiquei com vontade de dividir esse momento que foi especial e libertador pra mim.


Nenhum comentário:

Postar um comentário